Luis Borges - Assessoria em Gestão



A Gestão de Projetos e a Engenharia: busca de melhoria contínua nos processos

Ítalo Coutinho*
Março/2006



O aumento da qualidade nos produtos e na prestação de serviços tem exigido das empresas e profissionais uma atuação continuada de inovação e organização na rotina do empreendimento. Se focarmos nossas atenções no tocante à organização e planejamento veremos que na maioria de nossas atividades estamos gerenciando ou inseridos em projetos, sejam eles de pequeno, médio ou grande porte. Mas o que podemos entender como projeto ? O conceito mais simples é que projeto reúne um grupo de atividades e tarefas com objetivos definidos e que buscam alcançar uma determinada meta, seja pessoal ou profissional.

A fase de concepção e planejamento de um projeto deve exigir grande esforço e envolvimento de especialistas, principalmente na sua análise de viabilidade econômica e técnica. Essa etapa de elaborar projetos consiste em levantar todos os dados e cenários contextualizados e orientados aos objetivos que se busca alcançar.A gestão ou gerenciamento dos projetos preocupa-se em alinhar e conduzir de forma organizada e disseminada na organização as atividades e tarefas levantadas pela etapa de elaboração e planejamento do projeto. Conceitualmente significa a aplicação de conhecimentos, habilidades e técnicas para projetar atividades que visem atingir os requisitos do projeto.

Os empreendimentos de engenharia sempre se nortearam nos conceitos de administração geral e nas ferramentas de planejamento para otimizar seus processos e reduzir o dueto prazo-custo. Não só bastasse a característica técnica existente nestes empreendimentos o planejamento e ordenamento das tarefas sempre garantiu o sucesso das empreitadas, sejam projetos de construção, inovação, ampliação ou meramente organizacionais. Aplicar todas estas técnicas e habilidades no planejamento de atividades, no âmbito da engenharia, tem trazido satisfatórios resultados, obtidos principalmente de lições aprendidas, referenciais de custo-prazo, modelos de projetos e otimização dos recursos humanos e materiais.

Nos últimos 5 anos começamos a perceber a chegada do profissional de gestão de projetos, com habilidades diversificadas, conhecimento específico mas com visão generalista. Este profissional já busca hoje no mercado sua certificação, como por exemplo o exame PMP (Project Management Professional) elaborado pelo PMI - Project Management Institute. A certificação além de se basear nos conhecimentos reunidos no PMBOK (Project Management Body of Knowledgment) exige também questões relativas a experiências do profisional em gestão de projetos. O que se percebe é que as empresas estão requerendo cada vez mais perfis de profissionais contendo experiência e/ou aprendizado em Gerenciamento de Projetos, demonstrando a preocupação das organizações em otimizarem cada vez mais seus processos e custos.



(*) Ítalo Coutinho, engenheiro industrial mecânico CEFET/MG, pós-graduado em gestão de projetos e consultor associado à Luis Borges Assessoria em Gestão Ltda
italo_azeredo@yahoo.com
Maiores informações: http://www.pmbok.com.br


Mais artigos: http://www.luisborges.com.br

Luis Borges - Assessoria em Gestão
Telefax: (31) 3213-0022
http://www.luisborges.com.br